Movimentos anti-mineração d’Aquém e Além-Minho juntam-se em Cerveira.

Contraminacción, rede contra a minaría destrutiva de Galiza acompanhou e apoiou o passado sábado 14 de setembro em Vila Nova da Cerveira o Encontro Nacional de Movimentos Cívicos contra a exploração do lítio em Portugal, intervindo com duas representantes do painel final do encontro.

As experiências lá partilhadas evideciam como as dinâmicas corporativas, políticas e administrativas de expólio se reproduzem de jeito sistemático por todo o território e como a engenharia social articulada polo loby mineiro em Portugal pretende neutralizar a movimentação social tal e como acontece na Galiza.

Numas circuntâncias nas que só a transgressão das leis ambientais pode tornar viável a implementação de projectos mineiros “low cost”, é claro que uma sociedade em alerta e vigiante é um entrave para a indústria expoliadora e seus aliados.

O encontro do sábado em Vila Nova de Cerveira, que se segue da participação de coletivos portugueses no IV Encontro de ContraMINAcción celebrado este ano em Compostela e à presença da rede galega num encontro celebrado recentemente em Covas do Barroso, foi uma nova oportunidade para juntar e somar forças d’Aquém e Além-Minho nesta luta comum contra a destruição extrativista.

Desde ContraMINAcción agradecemos especialmente o convite do Movimento SOS Serra d’Arga e o imenso trabalho de Montalegre Com Vida – Associação de Defesa Ambiental, Não à mina, Sim à Vida – UDCB, Movimento ContraMineração Beira Serra, Guardiões da Serra da Estrela, Em Defesa da Serra da Peneda e do Soajo, GPSA – Preservação da Serra da Argemela, Movimento da Defesa do Ambiente e Património do Alto-Minho e Movimento Anti-LÍTIO / Braga.

Deixa unha resposta

O teu enderezo electrónico non se publicará

Este sitio emprega Akismet para reducir o spam. Aprende como se procesan os datos dos teus comentarios.