A 37ª Semana Galega da Filosofia abordará a minaria destrutiva

A 37ª Semana Galega da Filosofia terá lugar na cidade de Ponte Vedra do 5 ao 9 de abril de 2021, sob a epígrafe de “Filosofía e Civilización Dixital“. Dentre as palestras programadas, a da tarde do 6 de abril (das 18 às 20 horas) centrará-se no tema “GALIZA (NÃO) É UMA MINA: Extrativismo e engenharia social no contexto da emergência climática”. A sessão correrá da mão de Iolanda Mato, do coletivo Montescola, podendo-se assistir ao vivo ou em-linha. A revista da Semana inclui a seguinte descrição da sessão:

“No atual contexto de emergência climática, as empresas mineiras auto-proclamaram-se atores centrais para o desenvolvimento de energias ‘limpas’ e tecnologias digitais. Assim, a crise climática causada polo extrativismo é o novo pretexto para tentar legitimar social e politicamente uma nova e mais intensa onda extrativa, focalizada agora em metais como o lítio, as terras raras, ou o cobre, dentre outros. Lobby mineiro e algumas administrações públicas converteram o oximorônico “minaria sustentável” em bandeira das campanhas de engenharia social e greenwashing para dar carta de natureza a projetos inviáveis desde o ponto de vista técnico, jurídico e ambiental. Corcoesto, Touro, San Finx e os novos projetos de lítio citam-se como exemplos.
Frente à permissividade e mesmo cumplicidade das administrações, são os movimentos sociais os que estão evidenciando o falso discurso da “sustentabilidade” extrativista enquanto combatem por igual projetos destrutivos e as suas campanhas de engenharia social associadas. Esta comunicação situará os movimentos contemporâneos na história das lutas ambientais contra a minaria na Galiza e analisará os seus desafios atuais, destancando a contínua erosão das normas de proteção ambiental, as dificuldades de acesso à informação e justiça ambientais e os elementos identificáveis dum organizado complexo empresarial-académico-administrativo ao serviço do extrativismo.”

Deixa unha resposta

O teu enderezo electrónico non se publicará

Este sitio emprega Akismet para reducir o spam. Aprende como se procesan os datos dos teus comentarios.